EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 

Sustentabilidade se faz em casa!

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 

Poupar energia é bom para todo mundo. Além disso, você diminui seus gastos com o orçamento, evita desperdícios e ainda cuida do futuro da vida no planeta. 

O que é eficiência energética? 

Qualquer atividade em uma sociedade moderna, certamente, só é possível com o uso de uma ou mais formas de energia. 

Dentre as diversas formas de energia interessam, em particular, aquelas que são processadas pela sociedade e colocadas a disposição dos consumidores onde e quando necessárias, tais como a eletricidade, a gasolina, o álcool, óleo diesel, gás natural, além de, carvão e outras. 

A energia é usada em aparelhos simples (lâmpadas e motores elétricos) ou em sistemas mais complexos que encerram diversos outros equipamentos (geladeira, automóvel ou uma fábrica). 

Estes equipamentos e sistemas transformam formas de energia, no entanto, uma parte dela sempre é perdida para o meio ambiente durante esse processo. 

Por exemplo: uma lâmpada transforma a eletricidade em luz e calor. Como o objetivo da lâmpada é iluminar, uma medida da sua eficiência é obtida dividindo a energia da luz pela energia elétrica usada pela lâmpada. 

Da mesma forma pode-se avaliar a eficiência de um automóvel dividindo a quantidade de energia que o veículo proporciona com o seu deslocamento pela que estava contida na gasolina originalmente. 

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 

Outra fonte de desperdício deriva do uso inadequado dos aparelhos e sistemas. Uma lâmpada acesa em uma sala sem ninguém também é um desperdício, pois a luz não serve ao seu propósito de iluminação. 

Também um veículo parado em um engarrafamento está usando mais energia do que a necessária, certamente, por conta do tempo que fica parado no congestionamento. 

Outros fatores mais sutis explicam muitos desperdícios. Um construtor barateia a construção não isolando o “boiler” e os canos de água quente, pois quem pagará pelo desperdício será o consumidor. 

Vale notar que esses efeitos se multiplicam à medida que a energia vai migrando por todos os setores da economia. 

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 

Por que se desperdiça energia? 

Uma lâmpada incandescente comum tem a eficiência de 8% (ou seja,8% da energia elétrica usada é transformada em luz e o restante aquece o meio ambiente). 

No entanto, a eficiência de uma lâmpada fluorescente compacta, que produz a mesma iluminação, é da ordem de 32%. 

Como o preço da lâmpada eficiente é entre 10 a 20 vezes mais caro do que a comum, a decisão de qual delas comprar dependera de fatores econômicos que consideram a vida útil de cada uma e a economia proporcionada na conta de luz. 

Os cálculos para tomar a decisão acima não são triviais, em outras palavras, exigem o domínio de ferramentas de matemática financeira desconhecidas pela maioria dos consumidores. 

A seleção de equipamentos e sistemas mais complexos pode ser mais difícil ainda, consequentemente, esta é a razão pela qual muitos consumidores usam inadequadamente todas as formas de energia. 

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 

Eficiência energética-sustentabilidade 

A eficiência energética é, acima de tudo, fundamental para a competitividade econômica e para o atendimento dos compromissos ambientais e sociais. 

Em vários países, os resultados alcançados recentemente tem sido relevantes, acima de tudo, devido à mobilização dos mais diversos agentes.  

No entanto, poderiam já ser bem mais expressivos, por exemplo, no Brasil, onde cerca de 2/3 da energia primaria requerida são dissipados ao longo das diferentes cadeias energéticas, desde as fontes primarias até a obtenção da energia útil. 

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 

A quantidade de energia dissipada em processos intermediários e que, deixa de constituir energia útil (calor, iluminação, movimento, processos industriais).

Isso mostra como são amplas as oportunidades para o aumento da eficiência, no entanto, não se limitam a ações junto aos consumidores.

Além disso, aos agentes  responsáveis pelas diversas etapas das cadeias energéticas.  

O aumento de eficiência constitui a maneira mais ambientalmente favorável e sustentável de atender parte expressiva da produção de bens e serviços requeridos pela sociedade 

O aumento da eficiência requer comunicação ampla e esclarecedora de, certamente, o porquê fazer e como fazer. 

Demanda, sinalizações tributarias e apoio financeiro especifico ,ou seja, considerando características positivas globais que exigem que o agente interessado tenha acesso a equipamentos eficientes e saiba utiliza-los de forma correta. 

No caso de órgãos de governo, é particularmente importante que sejam considerados nas aquisições e construções dos equipamentos, instalações e procedimentos energeticamente mais eficientes, da mesma forma, endossados formalmente por guias de consumo ou analises especificas de custo/benefício. 

 

Fontes: www.comprasustentavel.com.br 

www.inee.org.br /eficiência 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo