Mercado Livre de Energia Elétrica

Mercado Livre de Energia Elétrica.
Para um projeto de crescimento sustentável, entre muitas ações, uma prioridade é a diminuição da emissão de gases do efeito estufa. Para isso o Brasil tem de investir na diversificação de sua matriz energética e incluir fortemente fontes de energia  renovável e limpa.

Mercado Livre de Energia Elétrica

O Brasil possui a matriz energética mais renovável do mundo industrializado com sua produção proveniente de fontes como recursos hídricos, biomassa e etanol, alem das energias eólica e solar.

As usinas hidroelétricas são responsáveis pela geração de mais de 68,5% da eletricidade do país

O petróleo e seus derivados tem a maior participação na matriz energética brasileira, sendo uma fonte não renovável e altamente poluente.

Matriz de Energia Elétrica

Fontes de geração:

  •  Biomassa (bagaço de cana, lenha, lixívia): 8,8%
  • Hidráulica: 68,5%
  • Derivados de petróleo: 2,1%
  • Carvão mineral e derivados: 2,8%
  • Gás natural: 8,1%
  • Nuclear: 2,6%
  • Gás industrial: 1,7%
  • Solar: 0,1%

 

Grande Ferramenta

 

Mercado livre de Energia

A principal vantagem neste ambiente é a possibilidade do consumidor livre escolher, entre os diversos tipos de contratos, aquele que melhor atenda às suas expectativas de custo e beneficio.

Também incentiva os geradores de energia, alem dos serviços públicos.

-produtores independentes

-autoprodutores

 

Quem pode ser livre?

Existem dois tipos de consumidores livres: os consumidores livres tradicionais e os consumidores especiais

Consumidores livres: Possuem no mínimo 3.000kW de demanda contratada e podem contratar energia proveniente de qualquer fonte de geração. A única restrição é que, alem do nível de demanda contratada, as empresas que se conectaram no sistema elétrico antes de 7 de julho de 1995 tem de receber a energia em tensão superior a 69kV.Após essa data em qualquer tensão.

Consumidores especiais: Possuem demanda contratada igual ou maior que 500kW e menor que 3000kW, independente do nível de tensão. Podem contratar energia proveniente apenas de usinas eólicas, solares, a biomassa, pequenas centrais hidrelétricas ou hidráulica de empreendimentos com potencia inferior ou igual a 50.000kW,as chamadas fontes especiais de energia.

 

Leia também:

Biomassa é uma energia limpa?

FUTURO MAIS VERDE

 

Mercado Livre de Energia Elétrica

Mercado Livre de Energia Elétrica

 

Comunhão de carga para consumidores especiais:

Consumidores com o mesmo CNPJ ou localizados em área contigua podem agregar suas cargas para atingir o nível de demanda de 500kW exigido para se tornar consumidor especial.

 

Incentivo para geração de energia renovável:

O consumidor especial só pode adquirir energia incentivada (eólica, biomassa, fotovoltaica e PCH),que é mais cara mas tem subsidio na tarifa de uso do fio, transmissão e distribuição.

 

REGRA:

Para migrar ao Ambiente de Contratação Livre (ACL),é necessário efetuar a denuncia do contrato com a distribuidora do Ambiente de Contratação Regulada (ACR) com antecedência mínima de 180 dias.

 

GERENCIAMENTO:

Câmara de Comercialização de Energia Elétrica- CCEE

Atua como instituição responsável por oferecer uma estrutura que envolve aspectos regulatórios, operacionais e tecnológicos para viabilizar as operações de compra e venda de energia em todo o Sistema Interligado Nacional-SIN

 

  • Maiores informações entrar em contato com o Blog.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo