Recorde da reciclagem

Brasil bate seu recorde e atinge índice de 98,7% de latas de alumínio recicladas

Recorde da reciclagem

Brasil bate seu recorde e atinge índice de 98,7% de latas de alumínio recicladas

 

Com 33 bilhões de latas recicladas em 2021, Brasil atinge seu maior índice de reciclagem.

O consumo de bebidas em latas de alumínio no Brasil cresce a cada ano e o índice de reciclagem acompanha o crescimento.

Segundo dados divulgados pela Recicla Latas, entidade criada pelos fabricantes e recicladores de latinhas para aperfeiçoar o sistema de reciclagem das latinhas no Brasil, o índice de reciclagem em 2021 atingiu a marca inédita de 98,7%. Em 2021, foram recicladas 415,5 mil toneladas ou 33 bilhões de unidades de um total de 33,4 bilhões de latinhas usadas. Os dados revelam aumento no índice em comparação com 2020 que foi de 97,4% com 391,5 mil toneladas de latas recicladas.

O setor tem mantido o patamar de reciclagem acima de 95% nos últimos 10 anos, evitando a emissão de 16 milhões de toneladas de gases de efeito estufa e economizando o consumo de energia elétrica ao longo de todo ciclo de vida da lata. Além disso, o sistema de reciclagem brasileiro gera renda para mais de 800 mil catadores de materiais recicláveis, profissionais fundamentais nas soluções de coleta seletiva, triagem e destinação adequada de resíduos sólidos no Brasil.

Para o presidente da Abralatas, com os resultados obtidos em 2021, o Brasil se consolida como referencia mundial de economia circular, porque consegue demonstrar o potencial de renovação infinita da embalagem.

“Estamos entre os três países que mais produz latas de alumínio para bebidas e em 1º lugar entre os que mais reciclam”

 

 

Economia Circular:

A lógica da economia circular e justamente a de evitar ao máximo as perdas e reaproveitar tudo , de forma a aumentar a eficiência econômica do processo e reduzir o impacto ambiental dos descartes: ou seja, repensar toda a cadeia, desde o desenho da embalagem até o seu descarte.

Recorde da reciclagem

Fontes:  www.gov.br/

www.comprasustentavel.com.br

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo