BROMATOLOGIA: A Ciência dos Alimentos

BROMATOLOGIA: A Ciência dos Alimentos

O termo bromatologia é derivado do grego “broma” que significa alimento e “logos” que significa ciência. Portanto, pode-se definir bromatologia como a ciência que estuda os alimentos. Esta ciência tem como função analisar os alimentos de forma detalhada,ou seja,sua composição química,seu valor nutricional,seu valor energético,suas propriedades físicas e químicas,quais são seus efeitos no organismo,verificar se estes alimentos estão contaminados com elementos tóxicos,se contem aditivos, e qualquer outra substancia que pode alterar a qualidade do alimento.A bromatologia atua em vários segmentos desde o controle de qualidade dos alimentos,até o armazenamento dos mesmos.

Diferenças entre Ciência dos alimentos, Engenharia de alimentos e Nutrição

 

• Ciências dos Alimentos: Tem como foco o estudo do alimento (matéria-prima e produto final),o estudo e otimização de processos tecnológicos,controle de qualidade dos alimentos,garantia da qualidade,pesquisa e desenvolvimento,e o comportamento sociocultural do alimento na sociedade

• Engenharia de Alimentos: O engenheiro estuda os processos de produção, estocagem, acondicionamento, conservação dos alimentos. Pode também trabalhar com a administração geral dos processos tecnológicos e no desenvolvimento de procedimentos e maquinas ligadas as produções de alimentos.

• Nutrição: Estudo dos nutrientes e do comportamento do alimento no organismo humano. Coordena a alimentação em instituições diversas como escolas, empresas, hospitais, spas, etc.,visando uma alimentação saudável e de acordo com as necessidades das pessoas.

Os Alimentos podem ser classificados em:

• Alimento Genuíno: São os alimentos saudáveis, ou seja, que não possuem nenhum tipo de substancia não autorizada e cumprem as especificações regulamentarias

• Alimento Adulterado: É o alimento que é, geralmente, impuro, impróprio ou nocivo a saúde. De acordo com a Lei Federal, a adulteração de alimentos é configurada como crime hediondo contra a saúde pública.

• Alimento Alterado: Aquele cuja composição química e as suas características organolépticas foram alteradas por processos físicos, químicos ou microbianos, que podem ocorrer durante a sua fabricação, conservação ou transporte.

• Alimento Falsificado: É o alimento elaborado com a finalidade de copiar a aparência e características gerais de outro alimento legitimo, e se denominam como este,porem não são.

• Alimento Contaminado: São alimentos que foram contaminados por germes patogênicos ou substancias químicas capazes de causar doenças ou infecções.

Estes alimentos podem ser secos (em pós ou granulares), líquidos, semi-solidos, sólidos,úmidos(carnes,peixes,vegetais),pastosos(molhos,pudins,etc),alimentos líquidos contendo sólidos(compostas de frutas,produtos enlatados em geral,etc.),alimentos com emulsão(margarina,manteiga,maionese),que devem ser analisados rigorosamente para saber se estão em condições para serem ingeridos sem criar problemas.

DESENVOLVIMENTO

O desenvolvimento e a invenção de certos processos como a pasteurização, o fechamento de embalagens a vácuo, o congelamento, entre outros, fizeram com que os produtos derivados de diversas matérias primas de origem animal ou vegetal possam ser conservados por mais tempo. Isto é, a tecnologia e a ciência avançaram para que os alimentos obtidos no campo e dos animais durem mais.
Na atualidade, os hábitos alimentares mudaram em relação ao inicio dos tempos da humanidade e isso tem a ver em grande parte com a inovação da tecnologia e os descobrimentos científicos que impulsionaram a indústria alimentícia, tornando-a mais complexa e diversificada.
A missão fundamental da ciência dos alimentos é que o alimento dure o maior tempo possível, ou seja, que o vencimento do produto esteja longe do momento da compra, mas que o alimento conserve seus nutrientes durante esse tempo.
O processamento que se da a determinados alimentos vai ser determinante em sua qualidade final e ao mesmo tempo tem a ver com perda de nutrientes essenciais.Se o processamento falhar e não for realizado dentro dos conformes o alimento pode não ter um bom sabor, perder seu valor nutricional, inclusive ser contaminado ,por isso,é fundamental a atenção da ciência dos alimentos neste caso.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo