Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular

O Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular é um programa de eficiência energética para veículos leves coordenado e regulamentado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial – Inmetro e desenvolvido em parceria com o Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural – Conpet, vinculado ao Ministério de Minas e Energia e implementado pela Petrobras.


O programa abrange os veículos leves comercializados no país com motores do ciclo Otto, movidos a gasolina e/ou etanol, e do ciclo Diesel. As informações sobre consumo de combustível dos modelos de automóveis são declaradas por seus fabricantes ou importadores.
Os modelos são classificados conforme a categoria (comparação com modelos semelhantes) e também em uma classificação geral (comparação com todos os modelos participantes). Recebem conceitos de “A” a “E”, sendo que “A” significa menor consumo energético e “E”, maior consumo energético.

As seguintes categorias fazem parte do programa:microcompacto

  • subcompacto
  • compacto
  • médio
  • grande
  • extragrande
  • esportivo
  • picape
  • utilitário esportivo grande
  • utilitário esportivo
  • compacto
  • fora de estrada compacto
  • fora de estrada grande
  • comercial leve
  • minivan
  • carga derivado de veículo de passageiro

Etiqueta nacional de conservação de energia para veículos


A Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – ENCE destaca as classificações dos modelos com relação ao consumo energético na categoria e no geral, bem como sua classificação com relação aos poluentes controlados. A ENCE é de uso obrigatório para os modelos participantes do programa.
1- A barra Emissões mostra o nível de emissão dos poluentes controlados (NMHC, NOX e CO) segundo normas do IBAMA, cuja classificação “A” significa que o veículo emite menos poluentes controlados e “C”, que emite mais;
2- As barras Categoria e Geral classificam o veículo quanto ao consumo de combustível na combinação dos ciclos Cidade e Estrada e aos combustíveis diesel, etanol ou gasolina. No caso dos veículos com motores flex, são exibidas as informações tanto para etanol quanto para gasolina;
3- CO2 informado é de origem fóssil; por isso, tem-se o valor 00 no caso do etanol;
4- O código QR remete ao aplicativo Etiquetagem Veicular, disponível para plataforma Android e iOS, ou para o site do Conpet, caso o Smartphone tenha outra plataforma.


O Selo Conpet de Eficiência Energética destaca os modelos que foram melhor avaliados quanto ao consumo de combustível.
São contemplados os modelos com classificação “A” em pelo menos uma das classificações (na categoria, ou no geral) e no mínimo “B” na outra. O Selo Conpet auxilia o consumidor a fazer uma escolha consciente no que diz respeito à economia de combustível. Seu uso é voluntário. O consumidor pode consultar quais veículos participantes do programa atendem ao critério de concessão do Selo Conpet por meio do site do Conpet (www.conpet.gov.br) ou do Inmetro (www.inmetro.gov.br) ou ainda no aplicativo gratuito Etiquetagem Veicular. Com o aplicativo (ver figura a seguir), é possível também calcular quanto será o seu gasto mensal ou anual com combustível para rodar com o automóvel escolhido.
O PBE Veicular promove o aumento da eficiência energética no transporte, estimulando a fabricação e a importação de veículos mais eficientes.

 

 

PROGRAMA BRASILEIRO DE ETIQUETAGEM VEICULAR

Participam da implementação do PBE Veicular a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP; o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama; a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental de São Paulo – Cetesb e o Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Miguez de Mello – Cenpes, da Petrobras, com o apoio governamental do Ministério de Minas e Energia, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e do Ministério do Meio Ambiente.
São parceiros do PBE Veicular a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores – Anfavea e a Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotivos – Abeifa, imprescindíveis para o sucesso do programa.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo