A VIDA QUE QUEREMOS!

A VIDA QUE QUEREMOS!

Objetivos para a vida que queremos

  1. Ajude a acabar com a pobreza
  2. Coma melhor
  3. Fique bem
  4. Aprenda e ensine
  5. Trate a todos igualmente
  6. Economize água
  7. Use energia limpa
  8. Faça um bom trabalho
  9. Faça escolhas inteligentes
  10. Seja justo
  11. Ame o local onde você mora
  12. Viva melhor
  13. Aja no clima
  14. Limpe nossos mares
  15. Ame a natureza
  16. Faça a paz
  17. Vamos juntos

#Entre os objetivos para a vida que queremos, vamos destacar,

 

“Coma melhor”

Alimentação

Ingredientes com nomes naturais e familiares, porem acompanhados de algum termo diferente, são itens que passaram por processos físicos ou químicos.

Isso é feito para aumentar sua durabilidade, mas pode causar perda de nutrientes.

Itens como suco e leite reconstituídos e leticina de soja são saudáveis, mas é preciso ter cuidado com o preparo de frutas e amido modificado.

Analisar os rótulos dos alimentos industrializados antes de compra-los é um habito saudável e merece toda a atenção as informações contidas, como a lista de ingredientes.

Será que o produto tem muitos componentes químicos? Ou açúcar demais?Gordura saturada? Sal em excesso?

Leia também:

BIM  – Building Information Modeling

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

A VIDA QUE QUEREMOS!

Entenda melhor alguns termos usados pela indústria de alimentos

 -Açúcar invertido: 

 É o açúcar comum-a sacarose-em forma liquida depois de passar pela mistura com água em alta temperatura, o que separa suas moléculas de glicose e frutose. Esse processo chamado hidrolise, é realizado para deixar o açúcar mais maleável para o uso em produtos industrializados.

 

Tem perda nutricional?

Não.É equivalente ao açúcar solido utilizado no dia a dia.

 

É saudável?

Açúcar em excesso nunca é saudável, independente da forma. É preciso estar atento a quantidade exagerado de açúcar.

 

-Suco concentrado:

É o suco integral, extraído da fruta, com uma parcela de água retirada por meio de evaporação. Nesse formato, ficas mais pratico seu transporte para indústria que o usem em outros tipos de sucos ou em receitas diversa.

 

Tem perda nutricional?

Sim. As frutas perdem vitaminas, minerais e propriedades nutricionais no processo de evaporação.

 

É saudável?

Sim. É considerado um ingrediente saudável, embora menos que as in natura, devido à perda nutricional.

 

-Leite reconstituído:

 É o leite em pó acrescido de água para ter textura de leite natural.

Tem perda nutricional? Durante a reconstituição não, mas a perda já ocorreu quando foi transformado em pó.

 

É saudável?

Sim. Menos que o leite puro, porem saudável.

 

-Emulsificante lecitina de soja:

É um componente extraído da soja que possui partes diluiveis em água .É usado em produtos que tenham água e óleo em suas composições( casos de margarina)

 

Tem perda nutricional?

Sim. O processo de extração da soja resulta em alguma perda de propriedades nutricionais.

 

É saudável?

Sim. É um emulsificante natural totalmente inofensivel

 

-Proteína láctea:

 São macromoléculas proteicas extraídas do leite e adicionadas a alimentos industrializados para fornecer um maior aporte de proteínas ao organismo e também facilitar a digestão.

 

Tem perda nutricional?

Não. É extraída do leite exatamente com as propriedades da proteína

 

É saudável?

Sim. É uma forma de ingestão de proteína saudável

 

-Amido modificado:

É um carboidrato extraído de alimentos como batata, mandioca ou milho. Seus objetivos como ingrediente de um alimento industrial e ser espessante e dar mais resistência ou elasticidade à receita.

 

Tem perda nutricional?

Sim. O processo químico praticamente acaba com as propriedades nutricionais do ingrediente base.

 

É saudável?

Não. Sem as propriedades nutricionais.

 

-Por trás de um nome difícil na lista de ingredientes pode estar desde algo inofensivo até um alimento que, de tão modificado, se torna pouco saudável. Também um alimento que não deve ser consumido.

-Uma grande preocupação deve ser com a idade do consumidor. Alimentação correta para cada fase da vida.

 

 

Fontes: comprasustentavel.com.br

                vivabem.uol.com.br –Raquel Drehmer

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo