Lixo Plástico

Lixo Plástico

Entre os maiores produtores de lixo plástico o Brasil está em 4º lugar.

Levantamento do WWF mostra os maiores produtores de lixo plástico do mundo. O Brasil esta em 4ºlugar no ranking, ou seja, país lidera o ranking dos que menos reciclam entre os dez maiores poluidores.

A pesquisa foi baseada no “What a Waste 2.0: A Global Snapshot of Solid Waste Management to 2050”, um estudo do Banco Mundial.

O WWF analisou dados de mais de 200 países.

Classificação dos maiores produtores:

  1. Estados Unidos
  2. China
  3. Índia
  4. Brasil
  5. Indonésia
  6. Rússia
  7. Alemanha
  8. Reino Unido
  9. Japão
  10. Canadá

BRASIL: 11,35 milhões de toneladas

O Brasil produz 11,35 milhões de toneladas anuais de lixo plástico. Recicla apenas 145 mil toneladas, 1,28% do total, contudo, os maiores produtores de lixo plástico, os norte-americanos reciclam 34,6% do lixo plástico. Contudo, a produção anual é alta: mais de 70 milhões de toneladas.

A China recicla 21,92% das 54,7 milhões de toneladas que produz por ano.

No total de resíduos plásticos produzidos no Brasil, 91% são coletados, segundo o WWF. Mas, no final, quase 8 milhões de toneladas não são reaproveitadas.Vão parar em aterros sanitários.Outras 2,4 milhões de toneladas são descartadas em lixões a céu aberto

Leia também:

Embalagens Sustentáveis

Mudanças climáticas

Lixo Plástico

Plástico, desastre ambiental mundial

“Nosso método atual de produzir, usar e descartar o plástico esta fundamentalmente falido. Os maiores produtores de lixo plástico ainda não conseguiram debelar o problema.É um sistema sem responsabilidade.E atualmente opera de uma maneira que praticamente garante que volumes cada vez maiores de plástico
vazem para a natureza”,disse Marco Lambertini,direto-geral do WWFInternacional.

A instituição deixa claro, entretanto, que plástico não é “inerentemente nocivo”.Gera milhares de benefícios para a sociedade.

”Infelizmente,a maneira com a qual industrias e governos lidaram com o plástico e a maneira com a qual a sociedade o converteu em uma conveniência descartável transformou esta inovação em um desastre ambiental”

“Estimativas indicam que, desde 1950, mais de 160 milhões de toneladas de plástico já foram depositadas nos oceanos de todo o mundo. O material já esta em nossa cadeia alimentar. Ainda assim, estudos indicam que a poluição de plástico nos ecossistemas terrestres pode ser pelo menos quatro vezes maior do que nos
oceanos. Aproximadamente metade de todos os produtos plásticos que poluem o mundo hoje foi criada após 2000. Este problema tem apenas algumas décadas. Mas, ainda assim, 75% de todo o plástico produzido já foi descartado”.

Espécies ameaçadas pelo lixo plástico:

Segundo o WWF, os principais danos do plástico à natureza podem ser por exemplo, listados como estrangulamento, ingestão e danos ao habitat

“O estrangulamento de animais por pedaços de plástico já foi registrado em mais de 270 espécies, incluindo mamíferos, repteis, pássaros e peixes, ocasionando desde lesões agudas a ate crônicas, ou mesmo a morte. Esse estrangulamento é hoje uma das maiores ameaças à vida selvagem e conservação da biodiversidade. A ingestão de  plástico já foi registrada em mais de 240 espécies.A maior parte dos animais desenvolve ulceras e bloqueios digestivos que resultam em
morte,uma vez que o plástico muitas vezes não consegue passar por seu sistema digestivo”

Alimentos e água contaminados por plásticos:

Embora os impactos na saúde humana ainda sejam desconhecidos, varias pesquisas mostram que as pessoas têm consumido muito micro e nanoplastico.

Até no sal que usamos na cozinha há partículas de plástico “A probabilidade é maior com frutos do mar, especialmente mariscos, mexilhões e ostras, contudo, há diversas outras fontes de contaminação. Um estudo recente sobre água engarrafada constatou a contaminação por microplasticos de 93% das garrafas, proveniente de 11 marcas diferentes em nove países” lembra o estudo do WWF.

WWF orienta consumo consciente:

“Diante desses dados, a instituição dá as seguintes orientações para os consumidores:” Acione seus representantes no governo para garantir que adotem medidas para a redução, reciclagem e gestão dos resíduos plásticos de forma transparente e responsável. Faça uso de seu poder de consumidor e exija que as industrias demonstrem liderança através da redução da dependência do plástico descartável e desnecessário,enquanto investem em alternativas ecologicamente viáveis.Reduza seu consumo de plásticos desnecessários,alem de reutilizar e reciclar o que for utilizado”

Fontes:

www.comprasustentavel.com.br
www.marsemfim.com.br
www.estadão.com.br
https://revistapesquisa.fapesp.br/2019/07/08/planeta-plastico/

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo